26 de abr de 2009

Leandro Faria, morador do Rio de Janeiro, administrador, especializado em marketing e comunicação empresarial, fruto da década de 80 e viciado em cultura pop em geral. Como vício se alimenta, lê compulsivamente, ouve música, vai ao teatro e assiste a filmes, séries e realities diversos. Festeiro, boêmio e apreciador de um bom papo, regado a gargalhadas e a bons amigos, é o editor desse botequim pop que, descompromissadamente, leva os assuntos mais diversos do universo do entretenimento como uma boa conversa de bar, rechados de uma boa dose de ironia e bom humor.

Ariadny Theodoro, primeira mulher a integrar a trupe do PdB, com o tempo passou a gostar do seu nome. Estudante de Publicidade e Propaganda na Universidade de Guarulhossonha se tornar uma jornalista como Ruth de Aquino. Fez dois anos de Teatro, ama fotografia digial e escreve por amor e necessidade de conversar sobre suas paixões, nem sempre compreendidas pelo resto do mundo. Fã de Sidney Sheldon, Patrícia Cornwell, John Grisham, Caio Fernando Abreu e Jeffrey Archer na literatura, também curte muito seriados, Twitter e é ehater número 01 do Facebook. Se pudesse ser outra pessoa, gostaria de ser o Tim Burton, com toda a sua personalidade sombria e inquietante.

Bruno Schmidt (o original), publicitário formado, especializado em marketing e que adora falar sobre cinema. Cinéfilo de carteirinha, devorador de livros - principalmente James Patterson - e daqueles que estão sempre com a televisão ligada e conectados à internet. É viciado em futebol e vascaíno fanático - com muito orgulho. Ouvindo ColdPlay e torcendo pelo "team Blake" no The Voice - o único -, estará sempre naquele cantinho ali, estão vendo? Podem chegar e se acomodar: ele não é tão marrento quanto parece.

Fernando Santos é nascido e criado no interior de Minas Gerais e graduado em Publicidade e Propaganda pela PUC-MG. Eclético, ouve de tudo um pouco, lê tudo que lhe convém e o que lhe é indicado, além de procurar alternar entre os clássicos e atuais e tentar não perder o fio da meada. Canceriano, sentimento o descreve, pensamentos vem e vão, pessoas o marcam e eu já tem quase 25. Não é tão forte e nem pouco fraco; ouvir e contar histórias o engrandecem.

Serginho Tavares é estudante de Publicidade e Propaganda. Lê tudo que cai em suas mãos e está sempre conectado. Vê todos os filmes possíveis, especialmente os clássicos dos anos 30, 40 e 50. Adora disco music, glam rock, metal progressivo, heavy metal, bossa nova. Gostde assistir séries na TV, escrever e tomar chá. Ama escrever e se considera um bom observador, apesar de um tanto quanto distraído. Escreve em alguns blogues, mas o PdB reune tudo o que gosta em um só lugar. Se define como um rapaz latino americano sem dinheiro no banco, mas com muito amor para dar.

Vitor Gomes, 20 anos, paulistano que agora mora no litoral, está cursando o último ano de Design Gráfico e trabalha como Diretor de Arte. É apaixonado por música antiga, fotografia, design (sério?),  café, séries, baladas e barzinhos. Já torceu o nariz para o mainstream, mas perdeu a chatice pela rua. Acha que todo e qualquer momento merece uma trilha sonora e uma foto, talvez por isso não largue do celular.

Wagner Pacheco, carioca de 22 anos, poderia passar sua vida inteira assistindo ao E! Entertainment Television ou até mesmo o TV Fama da Rede TV!.  Considera Perez Hilton um gênio incompreendido e tem como inspiração o blogueiro Michael K, do D list. Consumidor voraz de cultura POP, entende tudo de música pop de raiz e acredita piamente na volta das boybands para o topo do sucesso. Está na internet desde o áurea década de 90 e viu nascer e morrer ferramentas como HPG, Usina do Som, Flog, Orkut e outras coisas jurassicas. Dependente assumido de Rede Social , atualmente trabalha com web (que coincidência). 

0 doses:

Postar um comentário